• Peixes dos mares.
  • Peixes do Mar Mediterrâneo.
  • Salpa

Salpa Sarpa Salpa.


Zona.: Mar Mediterrâneo.

0 opinião (ões).
  • Salpa Sarpa Salpa.
  • Salpa Sarpa Salpa.
  • Salpa Sarpa Salpa.
  • Salpa Sarpa Salpa.
  • Salpa Sarpa Salpa.
  • Salpa Sarpa Salpa.
  • Salpa Sarpa Salpa.
  • Salpa Sarpa Salpa.
  • Salpa Sarpa Salpa.
  • Salpa Sarpa Salpa.
  • Salpa Sarpa Salpa.

No Mar Mediterrâneo é possível encontrar um dos peixes herbívoros mais importantes para o ecossistema: o Sarpa Salpa ou Salema. Além da forma oval alongada, cabeça curta e boca pequena, caracteriza-se por possuir pele azul-prateada com linhas douradas que se tornam proeminentes ou borram conforme o seu humor.

Sendo o único peixe com a capacidade de ingerir algas invasivas com altos níveis de toxinas. É fundamental controlar e prevenir sua disseminação, pois podem ser prejudiciais a outras espécies.

Nesse sentido, eles se tornaram animais essenciais para o cuidado dos tapetes de ervas marinhas, por isso é necessário conhecer alguns dos detalhes mais relevantes para a maneira como eles habitam.

Onde vivem as salpas?

Esses tipos de peixes permanecem em grandes grupos a uma profundidade de 70 metros, especialmente em fundos rochosos cheios de algas ou sobre substratos arenosos. Assim, é comum encontrá-los no Atlântico e em várias áreas do Mediterrâneo.

Quanto as salpas medem e pesam?

As mais novas geralmente medem 3 cm. Enquanto isso, os adultos têm proporções entre 40 e 55 centímetros de comprimento, e chegam a pouco mais de 3 kg.

O que comem salps?

A dieta varia de acordo com os estágios de seu desenvolvimento. Durante as primeiras semanas, eles têm que comer diatomáceas planctônicas, vermes e crustáceos ainda menores.

Por sua vez, a dieta dos adultos é composta por vários tipos de algas, tais como:

  • Caulerpa prolifera forte>
  • Ulva lactuca
  • Posidonia oceanica
  • Zostera marina strong>

Da mesma forma, a salpa deve consumir outras espécies tropicais, como a caulerpa taxifolia, cujas toxinas são tão fortes que alteram sua composição química geral.

Que iscas se utilizam para a salga de peixe?

A obtenção da salpa faz-se pescando a cortiça em águas calmas, em que além de utilizar algas e massa de pão forte > como isca, as frutas cítricas são usadas porque são muito eficazes para atrair sua atenção.

Os mais comuns são as tangerinas e laranjas, que devem ser cortadas em pequenos pedaços e depois colocadas em ganchos de pá longa para evitar que se quebrem.

Quando os salps se reproduzem?

Um dos detalhes mais significativos sobre os salps é que eles são hermafroditas, então eventualmente passam de machos para fêmeas. Da mesma forma, reproduzem-se durante os meses de março e abril, que corresponde à primavera, e também no outono, nos meses de outubro e novembro.

Os salps são comestíveis?

Tem gente que costuma preparar receitas que incluem salps, então é possível encontre-os em algumas lojas com um preço aproximado entre 2 e 3 euros o quilo.

No entanto, o fato de serem animais que se alimentam de algas tóxicas não altera apenas o sabor de sua carne. Também torna o seu consumo um pouco arriscado para alguns, pois pode causar tonturas, delírios e alucinações. Esses efeitos psicodélicos semelhantes ao LSD podem durar horas ou vários dias.

Da mesma forma, embora este fator reduza consideravelmente o seu valor comercial, é um detalhe que faz das salpas um dos animais mais essenciais para a preservação do ecossistema do Mar Mediterrâneo.

.

VÍDEOS Sobre. Salpa


IVA INC.
Quinta-feira., 30 Junho.